A importância do conteúdo na comunicação


O que é conteúdo? Tudo aquilo que é comunicado em formato de áudio, imagem e texto. Um release divulgado para a imprensa é um conteúdo. Um anúncio publicitário que utiliza texto e imagem é um conteúdo. As fotos e vídeos que você publica nas redes sociais é conteúdo. O processo de comunicação acontece com a troca de conteúdo. Não existe comunicação sem ele. A definição de conteúdo é muito ampla quando falamos de comunicar algo. Um choro, ou um risada, podem ser uma forma de comunicar um sentimento. Mas, do que estamos falando aqui, é um conteúdo específico. É aquele utilizado para envolver, engajar e conquistar. Aqui entram as estratégias de conteúdo e o porquê da sua importância.

Seu conteúdo conversa com quem?

A percepção que as pessoas têm da sua marca está diretamente relacionada ao conteúdo que você produz, aos formatos que você utiliza e os canais em que você está presente. Uma marca que resolve investir em criação de conteúdo para alguma rede social, e tem como público principal adolescentes, poderá ter sua imagem associada à inovação, jovialidade e descontração. No entanto, é preciso que, além do canal escolhido, o formato e o conteúdo em si sejam pertinentes e relevantes para aquele público. Por exemplo, não adianta uma pessoa que tem 50 anos de idade querer ser percebida como jovem apenas por frequentar uma casa noturna dedicada a pessoas de 20, se ela chegar de terno, gravata e com uma postura séria. Não é o ambiente que fará com que as outras pessoas vejam nela alguém mais jovem, e sim a forma com que ela se apresenta e o conteúdo que ela tem para compartilhar. Deu pra entender? A escolha do canal é apenas um dos fatores relevantes, que deverá estar alinhada com as demais variáveis nessa comunicação.

As redes sociais e a produção de conteúdo ao alcance de todos

As redes sociais passaram a fazer com que qualquer pessoa que tenha um perfil possa criar conteúdo. O mesmo com as marcas. Mas e a relevância disso? É preciso estabelecer uma relação com o receptor da mensagem, criar um vínculo que vai além da simples apresentação do produto ou marca. É preciso encantar! É essa a finalidade de um conteúdo relevante, pensado de forma estratégica, publicado em um canal pertinente, com um formato adequado. Uma série de fatores contribuem para o sucesso, ou não, da sua estratégia. E o sucesso aqui é medido com base no número de pessoas que consomem e compartilham tal conteúdo e no retorno do investimento feito.

Os dados e estatísticas estão aí para provar a grandeza do consumo de conteúdo digital e também para nos guiar quanto a novos formatos e meios de atuação. 98,2% das pessoas entrevistadas afirmaram consumir conteúdo online, 87% consomem esses conteúdos no smartphone, 72% desses conteúdo são posts em redes sociais, 84,7% disseram que a busca orgânica do Google é o principal canal usado para encontrar informações e conteúdo, 71% das empresas adotam marketing de conteúdo, 60,6% pretendem aumentar o investimento nessa área (Fonte: Rock Content). Se formos falar em tendências de consumo de conteúdo, diversos dados apontam a criação de vídeos para redes sociais como a empreitada do momento. 95% dos usuários assistem a um vídeo para entender melhor um produto ou serviço (State of Video Marketing, 2017); os usuários retêm até 95% das informações em vídeo e apenas 10% em textos (WordStream, 2018); 72% dos usuários preferem consumir um conteúdo em vídeo em páginas que possuem conteúdo audiovisual e textual simultaneamente (State of Video Marketing, 2017); 1,5 hora é o tempo médio assistido pelos usuários diariamente (State of Video Marketing, 2017). Estes são apenas alguns dos muitos dados disponíveis que ajudam na tomada de decisão na hora de traçar uma estratégia de marketing de conteúdo vencedora.

Conteúdo, uma arma estratégica

Portanto, o conteúdo que você produz e compartilha é a sua cara. É como você se apresenta para o seu público e como você consegue agregar valor ao seu produto ou serviço. O conteúdo tem muitas utilidades. Ele informa, entretém, cria vínculos, gera debates e, extremamente importante, ele converte! Converte usuários comuns em fãs e seguidores da sua marca, converte fãs e seguidores em clientes e converte clientes em promotores espontâneos da marca. Mas, para isso, é preciso existir uma inteligência por trás de todo esse processo. Não basta você postar uma foto de um gatinho fofo no perfil da sua marca no Instagram e esperar que as vendas aumentem com isso. Gatinhos fofos podem gerar muitas curtidas na sua foto. Mas, qual a relevância disso? Você acredita que será lembrado, e considerado na hora da decisão de uma compra, por ter postado uma foto fofa? A resposta é não. Seu gato será apenas mais um entre muitos. O que o seu conteúdo tem para oferecer de realmente relevante? Você está criando o conteúdo certo, para as pessoas certas, no formato certo?

© Anunciattho Comunicação 2017.

Site produzido por Inside Business Design.